O artista pernambucano Tunga assina o troféu do 17º Festival. A peça é um objeto audiovisual reinventado com elementos do repertório visual e poético do artista. Uma garrafa com líquido amarelo, pedras de âmbar e cristais de quartzo, sustentados por uma malha de arame, envolvem uma câmera de vídeo de funcionamento preservado, interferindo em seu enquadramento.

O troféu será entregue aos artistas contemplados com o Grande Prêmio em dinheiro e com os oito prêmios de residência oferecidos pelo Festival em 2011.

Um dos artistas contemporâneos brasileiros mais reconhecidos no país e no cenário internacional, Tunga esteve nas bienais de Veneza e São Paulo, e realizou mostras individuais na Whitechapel Gallery, em Londres (1989), e na Pirâmide do Louvre (2005), em Paris.

Carmela Gross, Raquel Garbelotti, Luiz Zerbini e Rosângela Rennó estão entre os artistas que criaram troféus para o Festival a convite do Videobrasil.